Os 4 Elementos no Corpo e no Exercício


Há quem prefira um treino mais intenso, como corrida e pesos. Há quem se sinta mais adaptado à água. Há quem goste mais de um trabalho integral de mobilidade e fluidez de movimentos. E há quem sinta que o Corpo precisa sobretudo de relaxar, meditar e de se encontrar com uma sabedoria mais interna.

Porque somos todos diferentes, as técnicas de movimento corporal podem e devem ser adaptadas em função das necessidades corporais e mecânicas de cada um, mas acima de tudo, orientadas para ir de encontro ao Elemento Essencial de cada Corpo, aquilo que nos distingue e define como únicos. E este é o grande desafio de cada profissional do exercício físico, especialmente quando prescreve e orienta o treino.

As medicinas mais antigas trabalhavam e curavam o Corpo tendo como referência estes aspectos mais individuais: os Elementos.

Cada Elemento está presente em todo o Cosmos Corporal e na própria Natureza.

Nas tradições xamânicas europeias, aquelas que nos servem mais directamente há milhares de anos, há 4 Elementos essenciais que ,durante infindáveis gerações, serviram propósitos de cura de corpo e espírito, de realinhamento individual/colectivo e de orientação interior.

No fundo, estes 4 Elementos funcionavam como pontos cardeais de orientação de inúmeras questões, dilemas e de problemas por resolver, podendo ser aplicados tanto a espaços exteriores, a um colectivo, a uma psique individual ou como guia interior.

Só há muito pouco tempo, na cultura moderna europeia, é que os trabalhos de cura e orientação deixaram de ter estes elementos como referência. Aliás, só há pouco tempo é que todo e qualquer trabalho intuitivo, xamânico e espiritual foi remetido ao total esquecimento, ridicularizado por uma sociedade integralmente racional e científica.

Os Elementos são então baseados na sua manifestação física pura, mas podem ser aplicados metaforicamente numa personalidade, num propósito de vida ou numa cura.

*FOGO

É rápido, explosivo, directivo e quente; associado à energia sexual primordial e ao início da vida, é o elemento mais Yang por natureza, expansivo e criativo.

Um Corpo de Fogo é hipertónico, musculado, rijo, com força e resistência, com pouca mobilidade e muito, muito competitivo.

Uma Mente de Fogo é extremamente enérgica, explosiva, expansiva, criativa e colérica.

Com este Elemento dominante, o Corpo e a Mente de Fogo prefere essencialmente exercícios competitivos, explosivos, de carga e resistência que o façam exceder e ultrapassar limites: são sobretudo todos desportos competitivos, o treino de combate, os trails de montanha, o CrossFit, os levantamentos de pesos e as modalidades de bicicleta estacionária, como RPM, entre outros.

*ÁGUA

É o Elemento em maior abundância no corpo, cerca de 75%.

É rápido e lento em simultâneo, adaptável e frio; associado às emoções e ao passado, é o elemento mais Yin por natureza, líquido e permeável que passa por tudo e tudo passa por ele.

Um Corpo de Água é hipotónico, pouco musculado, com muita mobilidade articular, flácido com tendência para reter líquidos, sendo muito versátil no exercício, com resistência, mas com pouca vontade de competir.

Uma Mente de Água é altamente plástica e adaptável, nutridora de si e dos outros, puramente emocional.

Com este Elemento dominante, o Corpo e Mente de Água sente melhor os exercícios na água, mas também todo o tipo de exercício Mente-Corpo, de Consciência Corporal e de Movimento Artistico, que possam trabalhar este lado flexível e emocional tão dominante: todas as formas de arte corporal, como a dança e as técnicas orientais de movimento, o Yoga, Pilates e Mindfulness, entre outros.

*TERRA

É sólido, escuro, lento, moldável e neutro; associado à consciência, à concentração, à sabedoria mais profunda e intuitiva e ao presente, é o elemento mais maleável e resiliente, aquele que sabe esperar pelas mudanças das estações.

Um Corpo de Terra é musculado, entroncado, forte e flexível, algo competitivo, com uma enorme resistência e mobilidade, fixando-se no fértil húmus negro, nutrindo o exterior e o interior de si mesmo.

Uma Mente Terra é concentrada, fértil e centrada em si mesmo, literalmente com os pés no chão, mais racional, pragmática e linear.

Com este Elemento dominante, o Corpo e Mente Terra prefere o movimento corporal lento, concentrado, mas forte e um pouco desafiante, como escalada, trekking, Yoga e Pilates, danças tradicionais e tribais, entre outros.

*AR

É volátil, transparente, rápido e neutro; associado ao imaginário, sonhos, projectos e ao futuro, é o elemento que vai à frente abrindo caminho às energias criadoras: primeiro sonha-se, depois concretiza-se.

Um Corpo Ar é flexível, pouco musculado, livre de movimentos, magro e enérgico, com uma enorme capacidade de saltar e correr, sendo rápido e nada competitivo, pronto a experimentar tudo em pouco tempo, não se fixando em nenhum.

Uma Mente Ar é pura sonhadora, criativa, flexível e nada racional; pouco concentrada e literalmente "nas nuvens".

Com este elemento dominante, um Corpo e Mente Ar corre rápido e gosta de exercícios de agilidade, como dança criativa e de rua, ginástica circense nos trampolins e trapézio e adora saltar do ar, de pára quedas, basejump ou parkour, entre outros.

Mas...

Ninguém é só Ar ou só Fogo. Ou só Água ou só Terra.

Em todos nós estes 4 Elementos co-habitam dentro do Cosmos Interno.

Na Natureza, todos estes Elementos estão presentes em simultâneo em todo lado.

Há, no entanto, Elementos que estão mais desenvolvidos do que outros, quer em nós, quer num determinado ecossistema e são eles que nos definem na nossa essência.

Certo que durante o percurso da nossa vida vamos naturalmente sendo mais Fogo ou mais Terra consoante a idade, os desafios, as relações ou os sonhos, há, contudo, pelo menos um ou dois mais fortes e mais presentes na nossa psique, nas nossa células, nos nossos músculos e no nosso inconsciente.

Conhecermo-nos bem, escutar o Corpo, a Mente e os sonhos é um caminho constante que requer total entrega e aceitação para que os Elementos nos possam servir da melhor forma.

E no Exercício, esta pode ser um forma de potenciar melhores resultados e sobretudo para nos sentirmos, e os alunos que em nós confiam os corpos, mais felizes.

Marta Conceição

The Element Pilates Studio


251 views
  • Twitter Clean
  • w-facebook