Técnicas de Detox Corporal: limpar o Corpo e a Mente por dentro e por fora


O termo "Detox" tem ganho cada vez mais expressão nos últimos tempos na área do exercício e da saúde.

"Desintoxicar", " limpar", "tonificar" são expressões cada vez mais usadas nas diversas áreas da saúde e bem-estar.

De facto, ao longo do tempo, o corpo tende a acumular resíduos, toxinas e outros elementos tendencialmente inflamatórios que o sistema linfático e excretor não consegue eliminar na sua totalidade.

Daí que, há momentos no ano que podem favorecer especialmente essa eliminação: a Primavera e o Outono.

Estas estações promovem uma energia especial aos corpos e são muitas as pessoas que sentem " a mudança da estação", com mais cansaço ou menos energia, perda de cabelo ou depressão ligeira. Estes sintomas são na verdade processos internos que o corpo toma para eliminar aquilo que já não serve, pois o "terreno" deve ser limpo para dar lugar a "novas e nutridas energias" que vem com as várias mudanças do Ano.

As tradicionais "limpezas da Primavera", como lavar a casa a fundo, mudar gavetas e limpar armários, que se fazem em muitas casas ainda hoje, são expressão de uma sabedoria ancestral das várias culturas do mundo que simboliza esse ajuste com a energia dos ciclos da Terra.

Em que consiste então o Detox Corporal?

De uma forma geral, o organismo deve ser limpo por fora, mas essencialmente por dentro, para que os resíduos não se acumulem em excesso, dando origem a doenças.

Aqui seguem algumas dicas básicas de métodos naturais:

1- Técnicas Respiratórias - Pranayama

São um conjunto de técnicas ancestrais com base no Yoga em que se explora profundamente vários ritmos e modalidades respiratórias, usando ou não em simultâneo musculos auxiliares, no sentido de despertar no corpo a Energia Vital - o Prana; podem e devem ser feitas a partir de um esquema básico para depois se ir aumentando o nível técnico tanto em ritmo como no controlo geral energético.

Algumas práticas de Pranayama podem provocar no início algum desconforto pela hiperoxigenação e aumento dos níveis energéticos, mas com a prática consegue-se um controlo cada vez maior.

Pela enorme capacidade de gerar energia e de "limpar" camadas profundas do corpo, as Técnicas Respiratórias podem ser orientadas para um complemento poderoso de Detox Corporal.

É fundamental que sejam praticadas com orientação profissional.

2- Exercícios Físicos - as Torções do Tronco

Um dos exercícios físicos que mais potencia o Detox Corporal é a torção da coluna vertebral, nas suas várias amplitudes e variantes.

As Torções são amplamente utilizadas nas práticas de Yoga e Pilates pelo facto de trabalhar em simultâneo as musculaturas estabilizadoras e mobilizadores da coluna, os músculos abdominais e os grandes orgãos internos.

Tanto a flexão lateral, frontal ou as rotações do tronco permitem aceder a níveis profundos de músculos, alongar a fascia e massajar os orgãos internos, principalmente o fígado, o grande orgão purificador do sangue e responsável pela sua limpeza.

Um programa activo de teinos com rotações e torções promove uma limpeza muito eficaz no corpo de quem pratica, sempre com supervisão técnica como qualquer trabalho físico.

3- Alimentos que purificam e desintoxicam

A toxicidade química está presente em quase todos os alimentos de hoje em dia, muito relacionada com a poluição dos solos e com o uso de agrotóxicos, como o pesticidas.

De uma forma geral, os alimentos mais ácidos ( carnes, ovos, queijos, enchidos, bebidas alcoólicas, refrigerantes, produtos embalados, etc) provocam mais toxicidade no organismo, podendo ser consumidos com mais moderação e serem substituídos por alimentos mais alcalinos ( frutas, legumes), bem como biológicos e orgânicos.

Mais especificamente, há plantas como o dente de leão, o hipericão e a cidreira que combinadas entre si tem efeitos potentes na limpeza do organismo. As framboesas, a alcachofra, a chicória e o ananás são popularmente conhecidos pela sua vasta acção depurativa do corpo.

4- Detox Emocional

As emoções manifestam-se profundamente nas células do nosso corpo ao ponto de sentirmos dor e desconforto em certas zonas. As famosas "dores de barriga de exame" ou o "nó na garganta" e " aperto no peito" são provas concretas de que as emoções podem ser também elas tóxicas e provocar doenças.

O stress, os relacionamentos desequilibrados, projectos de vida falhados ou simplesmente algumas expectativas não resolvidas podem gerar níveis tóxicos no corpo.

Aqui, o " largar aquilo que não faz mais sentido" ou " afastar-se daquilo que não faz brilhar" podem ser alguns lemas de vida que certamente vão ajudar ao Detox Emocional.

Ter tempo de qualidade, ter espaço pessoal e privado, partilhar relações saudáveis e sobretudo "saber dizer que NÃO" são estratégias que exigem da nossa parte muita atenção, mas seguras no processo de limpeza global do Corpo.

O ideal seria combinar todas estas dicas, e outras que entretanto façam sentido, para que o Corpo de sinta essencialmente leve, tonificado e feliz, pois é possível viver assim.

Procurar sempre apoio profissional nestas áreas é condição de maior sucesso e evita retrocessos ou falhas neste caminho.

Um abraço cheio de Vida

Marta Conceição e António Correia


57 views
  • Twitter Clean
  • w-facebook